Recreio da Juventude e Instituto Elisabetha Randon selam parceria para o Programa Florescer

Clube social referência no estado em lazer e esporte, o Recreio da Juventude também direciona seus esforços para ações de responsabilidade social e que promovam mudanças no ambiente e na sociedade que o cerca. A mais nova ação neste sentido é a parceria com o Instituto Elisabetha Randon para a realização de atividades do Programa Florescer na Sede Juventude. A assinatura do contrato entre as duas entidades aconteceu na tarde desta segunda, 10 de maio.

Pela parceira, o Recreio da Juventude irá ceder as áreas externas da Sede Juventude para a realização das atividades das crianças. A programação no clube irá incluir atividades físicas e lúdicas, que trabalhem a coordenação motora, a agilidade e que desenvolvam a socialização, a disciplina, a autonomia, entre outros. As atividades no Recreio da Juventude serão coordenadas pela professora Sandra Albuquerque, em parceria com a equipe pedagógica do Programa Florescer.

Neste primeiro momento, serão atendidas 65 crianças de 11 e 12 anos. As aulas acontecerão nas tardes de segunda-feira. As crianças também terão contato com as modalidades esportivas do RJ, de forma a desenvolver habilidades esportivas e identificar potenciais atletas. O Recreio da Juventude oferece 11 modalidades, em uma infraestrutura destacada entre os principais centros esportivos do país: badminton, basquete, futsal, ginástica artística, grupo de corrida, handebol, judô, natação, padel, tênis e vôlei.

“É uma honra e um orgulho para o Recreio da Juventude ser parceiro de um programa como esse. As crianças irão compartilhar momentos de muita alegria no clube”, afirmou o presidente Executivo do RJ, Paulo Henrique Marchioro.

A diretora-presidente do Instituto Elisabetha Randon, Maurien Randon Barbosa, destacou a importância das parcerias para a realização das atividades do Programa Florescer, lembrando que oferecer atividades para crianças no turno contrário da escola, com foco na formação de cidadãos, sempre foi o propósito do programa, idealizado pelo fundador das Empresas Randon, Raul Randon.

Em função das restrições impostas pela pandemia e das determinações dos decretos do poder público estadual e municipal, as primeiras semanas de aulas acontecerão nas dependências do próprio programa, nas Empresas Randon. Conforme houver flexibilização nas normas e os serviços do clube foram retomados, as atividades passam a ser realizadas na Sede Juventude, todas as semanas.

 

O Instituto Elisabetha Randon

O Instituto Elisabetha Randon é mantido pelas empresas Randon e coordena os programas sociais da companhia. O Instituto é uma Organização da Sociedade Civil com Interesse Público (OSCIP) que tem o objetivo de promover a cidadania e o desenvolvimento social, por meio de ações direcionadas à educação, à cultura, à assistência social e ao estímulo à prática do voluntariado. A entidade mantém programas para crianças, adolescentes e adultos e apoia ações pontuais da comunidade.

 

O Programa Florescer

Entre as ações promovidas pelo Instituto Elisabetha Randon está o Programa Florescer. O programa prepara crianças e adolescentes, de 6 a 15 anos de idade, em situação de vulnerabilidade social, para o exercício da cidadania, para uma melhor qualidade de vida e para um futuro promissor. O objetivo é promover o fortalecimento de vínculos, a convivência familiar saudável, o desenvolvimento da autonomia, o entendimento dos direitos e deveres enquanto cidadãos e o acesso aos benefícios e serviços oferecidos pelas políticas públicas.

Além de Caxias do Sul, o Florescer conta com franquias em outras cidades do Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo. São 390 crianças e adolescentes atendidos em Caxias do Sul; e mil pessoas beneficiadas por ano em todas as unidades.

 

Crédito das imagens: Juliano Vicenzi

 

Na foto, o presidente Executivo do RJ, Paulo Henrique Marchioro, a diretora-presidente do Instituto Elisabetha Randon, Maurien Randon Barbosa, e o vice-presidente de Esportes do RJ, Fabiano Toigo