Recreio da Juventude adota medidas para prevenir a proliferação do coronavírus

Campanha do clube irá reforçar a importância da adoção de hábitos seguros no dia a dia

Devido ao crescimento do número de casos de coronavírus no Brasil e no Rio Grande do Sul, o Recreio da Juventude está adotando medidas de prevenção à proliferação da doença e reforçando a importância dos cuidados entre seus associados.

A partir desta quinta-feira, o RJ irá reforçar a limpeza e a higienização dos ambientes e equipamentos da academia e disponibilizar álcool gel em todas os serviços e ambientes das sedes. Além disso, o clube irá veicular em seus meios de comunicação orientações e cuidados para a prevenção.

A orientação para os associados é que, em caso de sintomas da doença, procurem orientação médica imediatamente e permaneçam em casa. 

 

Formas de prevenção

- Evite contato próximo com pessoas doentes.

- Lave as mãos com frequência, principalmente após o contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente. Use água e sabão ou álcool gel.

- Ao lavar as mãos, esfregue entre os dedos, o dorso da mão, as dobras dos dedos e das unhas, áreas onde as bactérias podem se alojar.

- Utilize lenço descartável para a higiene nasal.

- Cubra o nariz e a boca quando espirrar ou tossir.

- Evite tocar olhos, boca e nariz. Esse contato pode permitir que o vírus entre no corpo e cause infecções.

- Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.

- Mantenha os ambientes ventilados.

- Fique em casa quando estiver doente.

- Mantenha-se hidratado, beba bastante água.

- Alimente-se bem, coma frutas, legumes e verduras.

 

Saiba mais sobre a doença

 

O que é o coronavírus?

Os coronavírus são uma grande família viral, conhecidos desde meados de 1960, que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais. As infecções por coronavírus causam doenças respiratórias leves e moderadas, semelhantes a um resfriado comum.

 

Como é a transmissão?

A transmissão pode ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse e catarro; pelo toque ou aperto de mão; ou pelo contato com objetos ou superfícies contaminadas.

 

Como é o tratamento?

Não existe tratamento específico para as infecções causadas por coronavírus humano.

 

Quais são os sintomas?

O vírus pode ficar incubado por duas semanas, período em que os primeiros sintomas levam para aparecer desde a infecção. Os sintomas incluem tosse, dificuldade para respirar e febre.

 

Fonte: Ministério da Saúde