Atleta do vôlei do RJ confirmada na Seleção Brasileira que disputa o mundial

Central Kátia Larissa Machado foi confirmada na equipe sub-18 do Brasil

O Recreio da Juventude tem representante no mundial de vôlei. A central Kátia Larissa Machado da Silva, de 16 anos, foi confirmada na equipe brasileira sub-18 que irá disputar o mundial da categoria, entre os dias 5 e 14 de setembro, no Egito.

A confirmação do nome de Kátia entre as 12 atletas veio após um período de mais de três meses de preparação no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema, no Rio de Janeiro. A central do RJ participou dos treinamentos ao lado de outras 21 jogadoras de todo o país e agora integra a lista final, definida pelo técnico Hylmer Dias.

Nesta segunda, Kátia fez uma rápida visita à Sede Juventude, onde conversou com os técnicos e as outras atletas do clube e contou como é jogar na seleção.

“A preparação foi bem forte. Ficamos lá (no Rio de Janeiro) nesses três meses, vendo pouco a família, tendo pouco descanso e treinando muito para fazer uma boa campanha. Estou bem ansiosa mas confiante no título”, contou Kátia.

Do período de preparação ela destacou a importância do preparo físico e da disciplina em todas as atividades.

“O preparo físico tem que estar muito bom, se não tu não consegue acompanhar. Tem que ser muito disciplinada, ter atenção e seguir o que eles pedem. O mais importante é a questão da disciplina, em como tu tem que ser como jogadora”.

Na noite desta terça, 20 de agosto, ela já se juntou novamente à seleção, no Rio de Janeiro. Na quinta, dia 22, a equipe faz um amistoso contra o Fluminense. Na sexta, embarca para a Itália para um série de amistosos de preparação. No dia 30 de agosto, a seleção segue para o Egito para a disputa do mundial.

 

Formação no Recreio da Juventude

Não foi o vôlei que despertou o interesse de Kátia para o esporte. Em meados de 2015, praticante de handebol, se destacou como a melhor atacante em um torneio intersséries na escola Irmão José Otão. A professora Emanuele Leite, hoje técnica do vôlei do Recreio da Juventude, a viu jogando e a convidou para um teste na Cia do Vôlei, onde dava aulas na época. Apaixonada e praticante da modalidade desde o berço, Emanuele identificou em Kátia o potencial para trocar de esporte e seguir no vôlei.

“Me chamou a atenção a altura e a habilidade que ela tinha no handebol. Sabemos que quando uma criança já tem habilidade em um esporte tem mais mais facilidade de aprender em outro”, conta a professora.

“Eu fui e gostei”, afirma a agora central da seleção, ao lembrar do convite da professora Emanuele.

Depois de mudar de escola para se adaptar aos horários dos treinos, aos 13 anos Kátia veio para o Recreio da Juventude. Pelo clube ela foi campeã Estadual Mirim, em 2015; bicampeã do Torneio Início FGV Infantojuvenil; campeã do Festival Mercosul Infanto 2018 e vice-campeã Estadual Infanto 2018. Em 2016, foi campeã brasileira pela seleção gaúcha.

A convocação para a seleção e a disputa de um mundial coroa o trabalho realizado pelo Recreio da Juventude na formação dos atletas.

“Para nós significa o fechamento de um ciclo, com um trabalho muito correto. Esperamos que ela faça o melhor e represente muito bem Caxias do Sul e o Recreio da Juventude. Foco e vontade ela tem. Tenho muito orgulho e o compartilho com os outros técnicos do clube, a Emanuele Leite e o Rodrigo Silveira dos Santos”, afirmou o técnico Ivan Reisdorfer.

 

O voleibol é uma das modalidades do projeto Recreio da Juventude Olímpico e tem o apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC).