Judô inicia 2019 com novas convocações para o Meeting Nacional

Clube será representado por quatro judocas na competição

2019 começou com com tudo para o judô do Recreio da Juventude. Mais dois atletas do clube foram convocados para o Meeting Nacional Sub 18 e Sub 21 2019: Felipe Koch, na categoria sub 21, e Marcelo Casanova, na sub 18. Os atletas foram indicados pela comissão técnica da Confederação Brasileira de Judô (CBJ), devido aos resultados de destaque obtidos ao longo de 2018.

O meeting é uma das etapas para definir a equipe que representará o Brasil nas competições internacionais em 2019. A seletiva será realizada no Clube Paineiras do Morumby, em São Paulo, nos dias 1º e 2 de fevereiro, e formará as seleções para os primeiros estágios internacionais sub 18 e sub 21.

Além de Felipe e Marcelo, o Recreio da Juventude será representado no Meeting por Caio Kuse, que conquistou a vaga na seletiva nacional, disputada em novembro do ano passado, em Curitiba, e por Gabrielle Crocoli, convocada pela CBJ no fim do ano passado.

De acordo com o técnico Sensei Giovani Cruz, os atletas do RJ chegarão com força na seletiva e totalmente focados na busca pela classificação entre os quatros primeiros e nas vagas nas seleções de base.

“A competição vai reunir os 12 melhores atletas do país em cada peso. Nossa expectativa é obter a classificação. Iniciamos o treinamento no dia 7 de janeiro, totalmente focados nesta competição. Nossos atletas estão bem preparados”, afirmou o técnico.

 

É o coroamento dos resultados de 2018”

O vice-presidente de Esportes do clube, Paulo Marchioro, cumpimentou os atletas pela convocação. O Departamento de Judô do clube está comemorando a possibilidade de voltar a ter representantes nas seleções de base do Brasil. De acordo com o assessor, Alexandre Scopel Vanin, além da busca pelo melhor resultado, a participação no Meeting vai servir como uma grande experiência para os judocas.

“É uma competição bem importante. É um coroamento dos resultados de 2018. São quatro atletas que foram classificados entre os 12 melhores de cada peso no país e que vão disputar um acesso à seleção de base, o objetivo fim de qualquer competidor”.

A convocação para o Meeting dá a largada para o ano do judô no Recreio da Juventude. Segundo Alexandre, são cerca de 300 atletas, com idades entre três e 70 anos. A participação reforça a tradição da modalidade no clube.

“Conseguimos atingir todos os públicos de associados do Recreio. Uma coisa que é muito legal e muito forte no nosso departamento é que são famílias inteiras participando. Temos casos de pai e mãe, vô e neto, irmãos, todos juntos, praticando o esporte. Esse é um dos nossos objetivos enquanto departamento: ter as famílias reunidas e participando do esporte”, afirma.

 

O judô é uma das modalidades do projeto Recreio da Juventude Olímpico e tem o apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC).