RJ inicia cadastros experimentais do reconhecimento facial para acessos

Novo sistema está em testes na Secretaria da Academia da Sede Juventude

O Recreio da Juventude iniciou nesta semana os cadastros dos associados para o novo sistema de acessos por meio de reconhecimento facial. Os primeiros cadastros, em caráter experimental, estão sendo feitos na Secretaria da Academia da Sede Juventude.

A leitura para o acesso é super rápida e precisa, o que irá garantir mais agilidade na liberação de entrada nas áreas do clube. O acesso por reconhecimento facial mapeia o rosto, gravando as distâncias entre pontos específicos, a partir dos olhos, boca e nariz. Características como a barba, por exemplo, não interferem no escaneamento; já acessórios como óculos, bonés e chapéus podem atrapalhar a leitura do rosto. Crianças também podem fazer o cadastro da face.

Conforme os cadastros dos usuários forem feitos, o sistema passará pelos ajustes e adaptações necessárias. Neste primeiro momento, apenas o acesso à academia contará com essa tecnologia. Nos próximos meses, o sistema de reconhecimento facial deve ser instalado em todos os acessos do clube. A identificação pelas digitais seguirá em operação nas sedes até a total transição para a nova tecnologia.

O sistema de reconhecimento facial do Recreio da Juventude foi desenvolvido pela empresa Engesoft.